Blog

Câncer de Mama – A Importância de se cuidar!

Câncer de Mama - Clínica, Laboratório e Exames

Câncer de Mama – outubro/rosa

Outubro Rosa

É o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença.

Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida, outros, não. A maioria dos casos tem bom prognóstico.

Prevenção ao câncer de mama

A prevenção do câncer de mama é feita através de medidas comportamentais e do rastreio de doença inicial. Assim, o câncer de mama pode ser detectado em fases iniciais, em grande parte dos casos, aumentando as chances de tratamento e cura.

As medidas comportamentais incluem: dieta, atividade física, adequação do peso corporal ao biótipo, controle da ingestão alcoólica e do tabagismo.
Os exames de rastreio possibilitam diagnosticar o câncer em fase inicial, ter um tratamento menos agressivo e, consequentemente, uma menor chance de morrer da doença em função do tratamento oportuno.

A orientação atual é que a mulher faça a observação e a auto-palpação das mamas (no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano), sem necessidade de uma técnica específica.
O principal exame de imagem de rastreamento é a mamografia de alta resolução, realizada em mulheres sem sinais e sintomas da doença. Este exame reduz as taxas de mortalidade, principalmente em mulheres acima de 50 anos, trazendo um benefício ligeiramente menor a partir dos 40 anos.

De acordo com a recomendação da American Cancer Society registrada em 2006, deve-se iniciar os exames mamográficos aos 40 anos de forma anual, sempre precedida pelo exame físico.

A ultrassonografia, assim como a mamografia, é instrumento fundamental e indispensável no diagnóstico de lesões mamárias. Não existe exame de imagem que, isoladamente, tenha acurácia suficiente para esclarecer todas as lesões mamárias. Então, é fundamental associar a ultrassonografia à mamografia para o rastreio do câncer de mama de forma mais eficiente.

A Ressonância Magnética é utilizada em indicações específicas, principalmente quando a mamografia e a ultrassonografia são inconclusivas.

A CLÍNICA CARDIOLÓGICA Medicina Diagnóstica disponibiliza mais este serviço para seus clientes.
Maiores informações pela nossa central de marcação – telefone (11) 2139-6900 ou através do email: atendimento@cardiologica.net

outubro 29, 2017 Clinica Laboratorio Exames